19/11/2011

Filme #1 - A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 1

   Aqui vos fala um fã da série Twilight. Um fã que não contou os segundos para a estréia de Breaking Dawn, talvez porque ele estivesse ocupado com outras coisas, mas um fã que viu a data bater a sua porta e se empolgar para assistir e após assistir, ele abriu os olhos e viu o quanto bom é essa saga.
   Eu li todos os livros, sei todas as falas de cor, já vi os filmes milhões de vez, sei tudo relacionado a twilight, vi os lançamentos no cinema. Mas, nada foi igual a Breaking Dawn. Quero comentar todos os detalhes desse filme e compartilhar tudo o que senti sentado naquela poltrona diante daquela tela, vendo a Kristen Stewart linda e maravilhosa. 
   Eu fui na onda de várias pessoas que criticam essa saga e ao mesmo tempo que era apaixonado por ela, eu odiava e tirava sarro. Sei lá, foi uma época da vida que eu estava envolvido com outras histórias. Mas eu não queria abandonar Twilight. Eu não estava dando a minima, tanto que só fui me tocar que Breaking Dawn estava para lançar uma semana antes. Foi ai que eu abri os olhos e me senti empolgado (nem durmi). Peguei meus livros, os olhei, baixei a trilha sonora e tive muita nostalgia. Depois de tudo arrumado e certo para o grande dia. Lá fui eu.
  Se você não se interessa pela trilha sonora dessa saga, eu lhe pergunto: QUEM É VOCÊ? a coisa mais importante dos filmes são as músicas e para esse filme eu já tinha todas na ponta da lingua. Me decepcionei, porque a maioria das músicas não tocaram.
   Depois de surtos com os trailers de Sherlock Holmes: Jogos das Sombras e Jogos Vorazes (que vocês devem conhecer) o filme começou. O começo foi aquela coisa incrivel, o casamento. Ri bastante de alguns sarcasmos e brincadeiras, típicos de Billy Burke e Kellan Lutz. Já no começo do filme deu pra ver que os atores da dublagem foram mudados. Isso cagou no filme, mas deixemos para lado. Os preparativos para o casamento, o passado de Edward, foram o que embalaram os primeiros minutos do filme. Pela primeira vez em um filme da saga crepúsculo vemos sangue e corpos mutilados (ou nem tanto assim), mas isso acontece em um sonho de Bella. 
    Logo então vemos o casamento, que é uma das cenas que mais me tiraram lágrimas. Sei lá, como diz Bella Swan: Todo mundo chora em casamentos. Depois de muitas lágrimas, nós damos risadas com depoimentos de amigos e familiares de Bella. E então eis que aparece Jacob com sua conversa com Bella. Diferente de todos os filmes, ele parece bem mais legal e mais calmo, todo protetor de Bella.
    Na lua de mel? O que eu posso comentar? Muito intimo não é? (risos). Mas na lua de mel, vemos Bella e Edward jogando xadrez (alguma apologia a capa do livro?) e então... BELLA SWAN GRÁVIDA... 
    Tudo isso que citei, já foram uns 40 minutos de filmes, então o restante é totalmente a história da gravidez de Bella. Não sei se estou errado, mas depois que ela vai para a casa dos Cullen seria a parte do Jacob no livro? Porque só aparece ele. Foi nessa parte que me surpreendi. Houve muitas cenas de intrigas, brigas e lutas entre os lobisomens, inclusive Jacob se revelando o lider do bando.
    Acontecem algumas coisas, tipo Jacob tentando proteger Bella de Sam e seu bando que vêem o feto (Rosalie: BEBÊ (interna)) como uma ameaça para a humanidade. 
    Então o filme começa a esquentar quando vemos o nascimento de Renesmee, o bebê (que é feito digitalmente) é a causa da morte de Bella. Todos estão tristes, mas Edward tenta transformá-la em vampira para que ela reviva. Enquanto isso Jacob que vê Renesmee como uma aberração tenta matá-la, mas sofre um imprinting por ela e logo ele é seu protetor. Um ritmo rápido acontece e somos direcionados a um final de tirar o fôlego. Eu não vou comentar o final, por mais que eu queira, porque só assistindo vocês entenderam o que eu senti. 
     Depois de sair daquele cinema, com uma mistura de orgulho dessa saga, nostalgia, lágrimas nos olhos, e ódio do diretor por fazer daquele final um desejo possessivo pelo final épico, eu me senti novamente um twilighter. Lerei Eclipse e Amanhecer de novo e aguardo, conto, respiro os dias para The Twilight Saga: Breaking Dawn part 2. Sei que será épico e que fará muitos fãs sentirem uma tristeza por ser o final, mas uma emoção por estarem ali. 
    Não exista nada que descreve Breaking Dawn a não ser: INCRIVEL, PERFEITO, PRECISO VER DE NOVO, VOU ENGOLIR OS LIVROS, VOU ROUBAR A FITA DO SEGUNDO FILME. 

Um comentário:

NatyBalieiro disse...

AAAhhhh... tudo de bom, não vejo a hora de assistir *-*

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team