13/01/2012

O Jovem Sherlock Holmes: Nuvem da Morte - Andrew Lane


O Jovem Sherlock Holmes: Nuvem da Morte
Andrew Lane
Editora Intrínseca
288 páginas

   Todos nós conhecemos o famoso detetive Sherlock Holmes. Nessa série, criada por Andrew Lane, conhecemos a adolescência dele. Sherlock Holmes estuda em um colégio só para meninos e não vê a hora de chegar as férias para que possa ficar com sua família. Mas sua mãe e sua irmã estão doentes, seu pai está na guerra e seu irmão está trabalhando muito, agora, ele deverá ficar na casa de seus tios. Lá ele conhecerá Matty, e terá um tutor que lhe dará dicas que ele levará por toda sua vida. 

   Quando duas pessoas são encontradas mortas por causas misteriosas, algo dentro de Holmes lhe deixa inquieto: É sua sede por aventuras e respostas. Sherlock está disposto a correr riscos para desvendar toda essa rede de mistérios. Junto de seu amigo, seu tutor e sua primeira paixão, Sherlock terá sua primeira aventura, seu primeiro inimigo e começará a se tornar o detetive que todos nós adoramos.

   Eu adorei o livro, apesar de achá-lo um pouco estranho em relação a "Sherlock Holmes". O personagem que conhecemos, criado por Sir. Arthur Conan Doyle é um tanto maduro e esperto, já a sua versão adolescente criada por Andrew Lane é meio bobinha, mas nem tanto; isso não faz com que o livro seja chato. Acho que estamos lidando com um personagem que irá crescer e amadurecer durante os próximos livros da série e devemos então apreciar a boa história do livro.

   O autor seguiu o estilo "3ª pessoa" que se encontra nos livros originais do personagem e isso foi bom. O único ponto negativo que vi no livro, foi que o enredo não fica interessante quando chega perto do final. Achei o começo muito bom porque é parecido com A Menina que não sabia ler, e esse é um dos meus livros favoritos, mas tive uma decepção quando não aconteceu aquilo que eu imaginei. Também, o autor não apresentou todas as respostas no final, nós descobrimos muita coisa no meio do livro e depois só vemos o desenrolar. É claro que muitas coisas são explicadas no final, mas nada de se surpreender com algum personagem ou com uma virada na história. É tudo centrado. 

   Mas não deixe isso te desanimar, você irá se divertir e gostar muito da história, afinal, tem muita aventura e de certo modo seguiu o estilo de livros que eu gosto de ler. Estou animado para a sequência, "Parasita Vermelho", que será lançado ainda esse ano. "O Jovem Sherlock Holmes: Nuvem da Morte" está aprovado. Vale a pena ler.

6 comentários:

Lucas Carvalho disse...

Vale a pena ver "um outro lado" de um personagem que a gente admira tanto, ainda mais sendo do velho e maduro Sherlock Holmes. Com certeza, com o tempo ele deve amadurecer, pois acho que esse é o verdadeiro propósito do livro. Essa história tem tudo para nos deixar animados

Lola disse...

Estou esperando que o senhor me empreste IUSAHFOUISDF

RIOT disse...

Estou aqui esperando para te emprestar, só você terminar a hora das bruxas.

RIOT disse...

Você pegou exatamente a ideia.

Carolina disse...

Sempre fico receosa quando um autor diferente decide escrever sobre uma história ou personagem já existente. Sou daquelas chatas que dizem: o original sempre é melhor! Mas fiquei bastante curiosa a respeito desse livro e estou com vontade de lê-lo.
Gosto muito dos livros do Arthur Conan Doyle e o Sherlock Holmes é um detetive fantástico, apesar de ser frio, áspero e meio machista (achei isso bem evidente em "Um Escândalo na Boêmia". Tentaram amenizar isso no filme o fazendo se apaixonar por Irene Adler).
De qualquer forma, esperarei alguém para me emprestar o livro. Apesar de estar com vontade de ler, não seria o tipo que eu compraria.
Ótima resenha!

RIOT disse...

Eu concordo que o original é melhor, mas essa versão é um tanto boa para ler quando você está numa boa, sem nada para fazer. Obrigado pelo elogio.

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team