03/04/2012

Série #4 - Grimm


Grimm conta a história de Nick Burkhardt (David Giuntoli), um detetive de homicídios que tem sua vida transformada ao descobrir que é descendente de uma sociedade secreta. Sua missão, assim como a de seus antepassados, é manter o equilíbrio entre a vida real e a mitologia. Essa ligação com o mundo das fábulas oferece alguns perigos ao detetive e seus entes mais próximos, em especial sua noiva Juliette Silverton (Bitsie Tulloch) e seu parceiro de trabalho Hank Griffin (Russell Hornsby). Porém, quanto mais Burkhardt tenta se afastar, mais se aproxima de suas raízes e inimigos do passado.
Com a ajuda de Monroe (Silas Weir Mitchell), seu confidente, ele terá de lutar contra estranhas criaturas que o perseguem e fazem mal às pessoas do mundo real.
   Desde o momento que eu vi o anúncio de Grimm senti vontade de assistir. Com sua sinopse cheia de mistérios, Grimm foi a minha nova aposta de série. Começei a assistir pela Universal Channel, mas falta de tempo acabei tendo que assistir online.

   Cada episódio começa com o trecho de uma história infantil, mas com um toque sombrio dos irmãos "Grimm" e isso faz juz aos acontecimentos que desenrolarão durante o episódio. Mas esses acontecimentos são meio sombrios, assustadores e repletos de assassinatos. Como no episódio em que o menino tinha ratos em sua casa e os usava para matar seus inimigos, dando ideia da história do flautista de Hamelin.

   No decorrer do episódio, Nick terá que desvendar esses mistérios que parecem malucos para os outros policiais, mas que para um Grimm faz todo sentido. Assim como uma série policial, as pistas vão se juntando e no final tudo parece resolvido.

   Um ponto bom da série é que você não precisa assistir aos episódios anteriores para entender o enredo. Cada episódio é independente.

   Repleto de tudo aquilo que gostamos: mistério, ação e muito suspense, Grimm é uma grande aposta, espero que sempre haja novas temporadas, pois essa série já se tornou meu novo vício.

Um comentário:

Carlos Rodrigo disse...

Gosto de "ação, misterio e suspense", então, pela sua resenha, me deu uma vontade de assistir. Boa dica!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team