01/01/2013

[Resenha] A Viagem do Tigre - Colleen Houck

A Viagem do Tigre
Colleen Houck
Editora Arqueiro
492 páginas

Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.

Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia. No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos.

Para quem já leu O Resgate do Tigre sabe o quão desesperador é aquele final e o quanto a gente ficou ansioso para saber o que iria acontecer. E então veio A Viagem do Tigre, que tem uma capa bonita, uma história com um final interessante, mas muitas partes irritantes.

Eu gostava da Kelsey, mas neste livro a garota está insuportável. Ela é muito indecisa e dramática, ela fica o tempo todo falando e analisando suas indecisões, suas paixões e seus medos. Eu sei que estamos lidando com um romance, mas creio que a protagonista poderia ser muito mais determinada e não fizesse deste livro muito cansativo e meloso. Ren, que antes era um cavaleiro com etiqueta, neste volume se apresenta como um sem educação, arrogante e possessivo. Sério, ele briga com a Kelsey porque não quer deixar ela cortar o cabelo. E Kishan, que era meu personagem favorito por ser um bad-boy todo determinado e durão, passou a ser um cara romântico, atensioso e bobinho.

O maior erro de Colleen é fazer seus personagens bipolares. Ren  não pode ficar com Kelsey, mas depois ama ela. Kelsey odeia o Ren e diz que nunca vai voltar com ele, mas no capítulo seguinte esta morrendo de amores por ele. Isso faz com que o livro, que era para ser super misterioso e repleto de aventuras e cenas de tirar o fôlego, pareça mais um livro de romance e intrigas adolescentes. 

Eu realmente não me importava com o romance e toda a delicadeza entre Ren e Kelsey nos dois primeiros livros, mas neste está insuportável.  E esse é o maior problema da autora: Tudo estava legal, indo bem, muita ação, aventura, tensão, medo e ela simplesmente resolve dar uma pausa do nada para simplesmente colocar onde não precisava alguma intriga e drama de Ren e Kelsey... Eu apenas queria entender o por quê ela faz isso. Sem contar que as intrigas e dramas sempre são a mesma coisa, nem para dar uma variada isso ela consegue.

Mas o livro não é de todo ruim, eu tenho muito o que elogiar o trabalho de Houck nos capítulos finais. Ela simplesmente fez aquilo que todos nós estávamos esperando: aventura, fantasia e ação! Sim, o final é muito interessante e de tirar o fôlego (e graças a Deus ela dá uma pausa nos dramas e intrigas), acontece várias etapas para o resgate do Colar de Durga e é tanta correria e desespero que deixa o leitor muito vidrado nas páginas do livro. Sem falar na maneira que a autora terminou este volume, com uma situação que vai deixar todos contando os dias para a continuação.

Outro ponto positivo do livro é que a autora inseriu aquilo que mais gosto: Dragões e enigmas. Quando eu já estava cansado de Kelsey, Ren e Kishan e adorando a participação do Sr. Kadam e Nilima (eles salvaram esta história), lá estava Collen me fazendo ficar feliz com seus dragões incríveis e gigantes dando algum enigma para fazer os protagonista sofrerem um pouco em busca da resolução. Eu adoro isso e essas foram minhas partes favoritas. 

Eu sinto informar que Collen deu uma recaída nesta continuação, mas eu sou fã da série e quero com certeza continuar acompanhando a trajetória de Kelsey, Ren e Kishan. E por mais que eu tenha um desgosto por estes durante algumas páginas, eu não consigo abandonar esta série, pois acredito que Collen nos irá surpreender nos próximos volumes. Se por um lado, nas primeiras páginas de A Viagem do Tigre ela me deixou vermelho de raiva, nas últimas páginas ela me fez abraçar este livro e contar os dias para o lançamento de O Destino do Tigre.

8 comentários:

Clara Beatriz disse...

Sua resenha ficou ótima! Eu já li até O Resgate do Tigre, mas essa série me irrita um pouco. Eu não gosto muito de mitologia hindu, acho estranho, então nem a aventura salva bem o livro... Vamos ver o que vou achar de "A Viagem do Tigre".
maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

Lucas Carvalho disse...

Adorei sua resenha, falou tudo. Eu ainda não li o resgate do tigre, então não posso falar muito sobre, mas estou aguardando para comprar esse dois novos.

Mariana disse...

A resenha ficou muito boa. Acho que falta aventura e ação para um livro desse genero, mas a história é muito envolvente e você fica curioso para saber mais. Eu adoro os livros dessa saga, não são meus preferidos, mas são muito bons.

Leitura entre amigas disse...

Oii!!
Essa série está na minha lista de leitura, desde o dia que foi lançada!
Comecei a ler A Maldição do Tigre, mas ainda não terminei!
Você se expressa bem, parabéns pela resenha!
Beijos

Elidiane - Leitura entre amigas

Lalice disse...

Sério que a Kelsey fica em cima do muro?? Não creio!!
Ren e Kishan "trocam" de papeis, agora eu quero ver isso xD
Mais uma vez a capa ficou linda *o*
Parabéns pela resenha!
Beijos

cristiane disse...

Ainda não li os outros livros, justamente porque quero esse!! Quando tiver os três é que gostaria de ler. Essa história é muito boa, pelas resenhas que vi. Mega ansiosa pra conferir.

Arismeire Kümmer Silva disse...

Eu sou apaixonada pelas capas desta série. São tão lindas que dá gosto, hehehehe.
Bj, Aris.

Jonas N. disse...

Ainda não li os livros porém li sua resenha e espero que não tenha nenhum spoiler que comprometa a leitura porque estou muito ansioso para ler haha. Outra indicação sua que estou adicionando na minha lista de desejados! Parabéns

Jonas
www.roubandolivros.com

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team