11/02/2013

[Resenha] Escola: Os Piores Anos da Minha Vida - James Patterson e Chris Tebbetts





Escola: Os Piores Anos da Minha Vida
James Patterson e Chris Tebbetts
Editora Arqueiro
288 páginas

Rafa Khatchadorian chega ao sexto ano na Escola Municipal de Hills Village e não tem ideia de como sobreviverá o ano todo, mas logo no primeiro dia, com a ajuda de seu amigo Leo ele cria um plano que pode fazer seu ano ser mais divertido.

Rafa decide criar a Operação R.A.F.A. (Regras Atrapalham a Felicidade A lheia), que consiste em quebrar todas as regras do Código de Conduta do Aluno.
 
É obvio que as consequências por usar trajes não permitidos, ligar alarmes de incêndio, vender energéticos, brigar e responder professores seriam prejudiciais a ele, mas ele é corajoso e pretende levar a sério toda está história.
 
Sem contar os problemas que ele já tem em casa, os que ainda irão surgir, Jeanne Galletta (sua paixão impossível) e o terrível Miller Matador (o valentão que sempre pega no pé do protagonista).
 
Rafa está realmente em uma situação complicada. E a ideia de levar a sério seu plano de quebrar todas as regras é tão tentadora e perigosa, ao mesmo tempo em que pode faze-lo magoar todas as pessoas que se importam com ele...

Antes de tudo eu não poderia deixar de comentar o quanto esta capa é maravilhosa. É bem chamativa e bem "explosiva" com objetos espalhados por todo o lado. Não só a capa, mas todo o trabalho do livro é magnífico, com muitos desenhos e ilustrações que deixam a história muito interessante.
 
James Patterson é autor de vários romances policiais, entre eles Lua de Mel e Private. Logo de cara a surpresa é grande ao ver seu nome em um livro infantil. Mas já vou avisando, de infantil, esta história não tem nada.
 
Por mais que a trama se passe no sexto ano e o personagem principal seja uma criança, as situações que ele enfrenta são bem radicais e parecidas com as de um adolescente. Eu me diverti com a leitura, mas acho que não seja recomendável para uma criança, afinal, ela pode querer seguir os exemplos do protagonista e dar muita dor de cabeça para seus pais.

E é por isso que um livro que de inicío parece infantil se torna muito prazeroso para jovens e adultos, nada é infantil, as situações são bem engraçadas e muito bem amarradas. Inclusive, Patterson que está acostumado a trabalhar com mistérios, também apresenta algumas revelações surpreendentes durante a leitura, revelações tão boas quanto as de seus livros policiais. Por isso digo mais uma vez: não é nada infantil.
 
Rafa é um personagem engraçado e criativo, é impossível não gostar dele. Leo pode parecer uma má influência no início, mas durante a leitura vamos conhecendo um pouco mais dele. Temos também Jeanne que é a paixão secreta de Rafa, a garota é bem pé no chão e sempre gosta de tudo certo. Miller é o típico valentão que atrapalha a vida do nosso protagonista, típico de histórias que envolvem escola. Temos a irmã de Rafa que é uma típica dedo-duro. Urso que é o padastro do protagonista, ele sabe como ser irritante. E temos a mãe de Rafa que é responsável pelos momentos mais sérios do livro.
 
As ilustrações tornam a leitura muito divertida e rápida, pois elas são normalmente os pensamentos e a imaginação de Rafa, e com elas podemos visualizar o que se passa na cabeça do garoto. Li o livro em um dia. As coisas vão acontecendo e tudo é tão interessante que você se verá virando as páginas loucamente e quando se der conta terá terminado o livro.  
 
Patterson realmente sabe escrever para crianças, pois em seu livro ele aborda temas como bullying, amor, amizade, família e principalmente: nem sempre tudo é como queremos. É claro, o final do livro é bem legal e tudo se mostra bem, mas algumas coisas acabam não acontecendo como o protagonista gostaria.  
 
Escola: Os Piores Anos da Minha Vida é divertido, engraçado, rápido de ler e está recomendado para todos, independente da idade!

http://4.bp.blogspot.com/-iagdGYfG6ec/T4xySb0cuGI/AAAAAAAAAMw/03YVkHWWSuI/s150/GetAttachment.aspx.jpg

3 comentários:

Ceile disse...

Nossa, quando vi este lançamento, fiquei assim "É do James mesmo?". Primeiro que eu só via os livros policiais dele, aí quando me deparei com O Diário de Suzana para Nicolas, e tão bem escrito, fiquei "Nossa, esse cara é muito bom mesmo!", e agora este livro (que parece infantil, mas não é bem assim rs).

Está na lista de desejados, adoro livros em que a gente mal vê a hora passar ;)

Beijo!

Ana Caroline Lima disse...

Nunca li nada de James. Mas pela capa parece ser um livro bem infantil, e fiquei assutada com isso, pois James é conhecido por escrever suspenses e romances. Mas como você citou que o livro não tem nada de infantilidade poderia até entrar para lista de leituras.
http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

Lucas Carvalho disse...

Vi o livro de perto e posso comprovar que a diagramação e a capa são impecáveis. A arqueiro caprichou bastante nessa edição. Adorei a sinopse e sua resenha me deixou louco de vontade. Como minha listinha está um pouco grande, vou pegar o seu livro emprestado mesmo kkkkkk.

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team