02/10/2013

Série #18 - Sherlock















Desde que comprei um (mini) box de Sherlock Holmes tenho sido fissurado em tudo que seja relacionado ao detetive mais famoso da literatura. Gosto de como ele resolve seus casos e de como é sua personalidade. Já assisti aos filmes protagonizados por Downey umas cem vezes e acho que já até sei as falas de cor, pretendo ler todos os livros lançados pelo autor original e atualmente leio uma versão por outro autor sobre a juventude do personagem. Mas então resolvi partir para as séries que retratam a vida do mesmo. Sherlock foi uma boa escolha.

A série é uma produção da BBC, famosa produtora de séries britânica e dona de vários sucessos e hits ingleses, e conta a vida e o trabalho de Sherlock e seu amigo Watson em uma Londres do século XXI. Os casos solucionados pelo detetive são todos baseados nos livros e contos originais, porém com alguma modificação aqui e ali.

Cada temporada é composta por três episódios de uma hora e meia de duração, e a cada episódio há uma história que no final deixa pistas sobre algo muito maior que ligará tudo no final da temporada. A jogada dos produtores e roteiristas é tão inteligente quanto o próprio Sherlock.

A produção é protagonizada por Benedict Cumberbatch (Star Trek - Além da Escuridão) e Martin Freeman (O Hobbit) sendo Sherlock e Watson respectivamente. A atuação dos dois é ótima e eles conseguem realmente incorporar seus personagens. Benedict é convincente no papel de Sherlock e cria o personagem à sua essência original. Diferente de Downey que acrescenta tons de humor ao detetive, Cumberbatch faz com que o personagem seja hilário nos momentos certos, mas também muito irônico, sério, inteligente e tudo que se encontra na obra de Conan Doyle. Já Freeman incorpora um Watson pé no chão e com uma preocupação grande pelo amigo.

Pelo que tenho visto até agora, Sherlock é uma das séries que mais se aproximaram ao caráter original do famoso personagem e que mais convence em seus casos. Aliás, os casos são muito bem construídos e intrigantes e o episódio final, The Great Game, é de tirar o fôlego!

Uma série agradável aos fãs de Sherlock Holmes e propícia a arrebatar mais fãs para o personagem de Doyle, pois possui humor, ação, mistério e muita, mas muita, inteligência. Uma hora e meia na companhia dessa produção é uma boa forma de passar o tempo. E se você começar a assistir ficará cada vez mais ansioso e intrigado pelas continuações! Querem uma boa indicação? Sherlock é a minha!

2 comentários:

Lucas Carvalho disse...

Já está na listinha...

Lucas disse...

Não sabia, mas entrou para minha lista de séries que devem ser assistidas.

Lucas - Carpe Liber
livrosecontos.blogspot.com

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team