01/01/2015

[Resenha] A Promessa do Tigre - Colleen Houck

A Promessa do Tigre
Colleen Houck
Tradução por Carolina Alfaro
Editora Arqueiro (cortesia)
128 páginas


Minha relação com a série A Maldição do Tigre é de amor e ódio. Eu gostei de amei alguns livros (incluindo o último), odiei outros, me apeguei à alguns personagens, odiei a protagonista. Mas em meio à tantos conflitos sentimentais, eu me apaixonei pelas capas, pela história e pela autora, e não via a hora de poder ler este novo conto.

A Promessa do Tigre é um prequel da série e narra a história de Yesubai e como os irmãos Kishan e Ren foram amaldiçoados. Yesubai é uma garota sozinha, sem mãe, e que vive com seu terrível pai, um feiticeiro ambicioso e louco por poder. Sua única felicidade é a amizade que compartilha com sua criada. 

Quando Yesubai é surpreendentemente usada como objeto pelo seu pai, em busca do poder, ela acaba se apaixonando por um príncipe, a quem não está prometida. Essa paixão fará com que ela sofra graves consequências e tenha que lidar com destruições e maldições. Ela estaria disposta a fazer isto por quem ama? A resposta você só descobre lendo o conto, ou caso você tenha lido os outros quatro livros da série.

Alguns personagens já são nossos conhecidos, entre eles Kishan e Ren, mas outros como Yesubai, a família dos irmãos e a personalidade de Lokesh são novidades para nós. O que é bem legal é poder conhecer tão intensamente cada personagem que, nos outros livros da série, passaram rápido ou foram citados. Yesubai é definitivamente alguém queremos ajudar. Sua situação na mão do pai é aterrorizante e agoniante. Lokesh que conhecemos da série A Maldição do Tigre, é quase bonzinho comparado ao que vemos realmente nesse conto. Talvez o pior vilão que conheci. Kishan e Ren têm seu passado apresentado de uma forma bastante verdadeira e muita coisa sobre o porquê de seu ódio de um ao outro é explicado. Também vemos de uma forma muito mais detalhada o que os levaram a se tornar tigres.

No fim, o conto de Colleen Houck é uma história complementar realmente interessante e que faz uma ligação bastante direta com a série e com tudo aquilo que sempre quisemos saber. A história traz uma lição forte sobre amor, sacrifício, escolhas e diversos, que no final causarão um rebuliço de sentimentos nos leitores. A escrita da autora é rápida e maravilhosa de se ler. Talvez, A Promessa do Tigre, sirva para nos mostrar porque somos tão apaixonados pela mitologia de Houck e porquê queremos muito mais dela.  

2 comentários:

Joicy Borges disse...

Nós, definitivamente, compartilhamos uma antipatia pela protagonista, eu, em particular, não tenho uma antipatia direta por ela, mas pelo padrão que ela representa.
Embora não goste da protagonista, o enredo me pareceu satisfatório, com todo esse clima de mistério e aventura.
Sou uma apaixonada por enigmas, mitologia, lendas, essas coisas me fascinam. Vou dar uma chance para todos esses livros.
Como ainda não li os outros livros, não tenho "munição" para discorrer, satisfatoriamente, mas devo ressaltar que fiquei intrigada com os livros e que pretendo lê-los em algum momento da minha vida.

Rieri Frugieri disse...

Olá Joicy, os outros livros da série são bem legais. A autora comete alguns deslizes no primeiro e no terceiro, mas posso dizer que o segundo e quarto livro são incríveis. Vale a pena dar uma chance!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team